Continuation-Jobim.png


Live Concert Programs and Broadcasts Honoring Jobim's Music
(in reverse chronological order)

Webmaster's Note:  This section of the site will post known concert listings (past and present) as well as broadcasts of Jobim's music as they become known. 
The information will remain on the site even after the concert passes to serve as part of Jobim's legacy.


* * *

Final (broadcast live) concert appearance of
João Gilberto and Antonio Carlos Jobim together in 1992!

Joao%20&%20Antonio(Folha%20de%20SP,part%201)THUMB.jpg  Joao%20&%20Antonio(Folha%20de%20SP,part%202)THUMB.jpg
[Click on the above two images to see and read full-sized scans of each]

Newspaper Article (written by Luiz Caversan) published at the "Folha de São Paulo" daily newspaper, on December 29, 1992, about the TV special "João & Antonio" (the last meeting of Gilberto & Jobim) broadcasted for the first time in Brazil on that same night.
Directed by Boninho & Walter Salles Jr.
Script: Arnaldo DeSouteiro & Walter Salles Jr.
General Consulting & Texts: Arnaldo DeSouteiro & Edinha Diniz
Mixing: Arnaldo DeSouteiro


Folha de S. Paulo - 29 de dezembro de 1992 -
Caderno "Folha Ilustrada", pag. 4

Especial reinventa música brasileira na tela
'João & Antônio' utiliza shows, fotos, filmes e depoimentos para lembrar a bossa-nova, hoje na Globo
Luiz Caversan (Diretor da Sucursal do Rio)

JOÃO & ANTÔNIO - Especial de TV realizado a partir dos shows de Tom Jobim e João Gilberto no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e no Palace, em São Paulo. Direção: J.B. de Oliveira e Walter Salles Jr. Fotografia: Afonso Beato. Direção de arte: Daniela Thomas. Consultoria geral e texto: Arnaldo DeSouteiro e Edinha Diniz. Edição: Johnny Jardim e Sergio Meckler. Som: Jorge Saldanha. Narração: Paulo José. Hoje às 22h30, Rede Globo

Quem pensou que tinha ficado na saudade - porque a) assistiu ao show de João Gilberto e Tom Jobim no Rio e não ouviu nada por causa das falhas técnicas, ou b) não foi convidado nem para o inaudível show do Rio nem para o de São Paulo - terá hoje a sua chance de vingança. E que vingança.

O especial "João & Antonio", obra de Walter Salles Jr. e José Bonifácio de Oliveira para a produtora Videofilmes, que vai ao ar às 22h30, na Globo, é simplesmente uma das melhores coisas que já se fez com e para a música popular brasileira.

O especial teve gravações realizadas nos dois shows, o do Rio e o de São Paulo. Reune também uma dezena de depoimentos, filmes e fotos da época, além de um levantamento de contextualização visual jamais ousado no sentido de mostrar, em todos os seus tamanhos, a chamada bossa-nova.

O êxito primeiro do especial de uma hora de duração reside aí. "Houve uma preocupação inicialmente do Boni, da Globo, imediatamente incorporada por nós, de se oferecer a maior quantidade possível de informações históricas sobre a bossa-nova", informa Walter Salles Jr.

Justamente por isso o especial comove. Exemplo: o jovem e lindo Tom Jobim ensinando a um desajeitado Gerry Mulligan a extrair do clarinete o "Samba de Uma Nota Só". Ou Tom e Sinatra cantando "Garota de Ipanema", música que ressurge no especial na voz de Marina, Herbert Vianna e também da interessantíssima francesa Lio.

Bem, "Garota de Ipanema" predomina nos takes "históricos" do especial, aqueles que têm o objetivo de demonstrar que a bossa-nova surgiu como vertente do samba e influenciou um porrilhão de gente importante pelo mundo afora. "Garota de Ipanema" é tida como a canção brasileira mais tocada no mundo, depois, apenas, de "Yesterday", dos Beatles.

OK, quem não aguenta mais a menina que vem e que passa num doce balanço a caminho do mar terá motivo de sobra para se deleitar com preciosidades. Tais como "Isto Aqui o que É?", "Pra que Discutir com Madame?", "Morena Boca de Ouro", "Sandália de Prata" ou ainda "Insensatez", "Águas de Março" e "Wave".

Mas o especial de Salles Jr. e Oliveira não é elogiável unicamente pelo fato de demonstrar que bossa-nova não é apenas um banquinho e um violão. Trata-se de uma peça televisiva com padrão de Primeiro Mundo. Aliás, dificilmente nas televisões do chamado Primeiro Mundo se verá alguma coisa com tal qualidade.

A começar pela técnica empregada, que foi a filmagem, primeiro, em película cinematográfica bitola super 16mm e posterior transferência para vídeo, onde são feitas a edição, a mixagem etc. A película utilizada - pela primeira vez no Brasil foi empregado o filme Kodak 7263 - permite um padrão de imagem, uma qualidade de definição difícil de se encontrar no cinema. Beira a perfeição.

Outro aspecto do especial que literalmente enche os olhos são os enquadramentos. Nada daquela centralização idiota ditada pela TV americana, nem exercícios de linguagem que dificultam o entendimento visual. Apenas a liberdade de colocar o perfil, ora de Tom, ora de João, em uma das laterais da tela, jogando com o espaço vazio diante dos rostos dos artistas. O resultado é simplesmente genial.

Uma pesquisa de imagens bem feita - aparece até uma Brastemp Bossa-Nova -, depoimentos interessantes, os dois incomensuráveis talentos de Tom e João, tudo amarrado com firmeza e criatividade. Eis o programa que vai se ver hoje à noite. Em tempo: a concepção visual de Daniela Thomas para o cenário dos shows e para a abertura do programa transborda beleza.

Se bossa-nova é história, esta história nunca tinha sido tão bem contada. Confira, grave, desfrute.


* * *


Joao%20&%20Antonio(Script,page%201)THUMB.jpg

Full-sized scans of the original script written by Arnaldo DeSouteiro & Walter Salles Jr.
for the TV special "João & Antonio" ~
Broadcast by Globo TV network in Brazil (on December 29, 1992) and over twenty other countries . . .



To Next Page of Broadcasts and Live Concerts


Back to Index