Continuation-Arnie.png


P42028A2U80.jpg


Final (broadcast live) concert appearance of
João Gilberto and Antonio Carlos Jobim together in 1992!

Joao%20&%20Antonio(Folha%20de%20SP,part%201)THUMB.jpg  Joao%20&%20Antonio(Folha%20de%20SP,part%202)THUMB.jpg
[Click on the above two images to see and read full-sized scans of each]

Newspaper Article (written by Luiz Caversan) published at the "Folha de São Paulo" daily newspaper, on December 29, 1992, about the TV special "João & Antonio" (the last meeting of Gilberto & Jobim) broadcasted for the first time in Brazil on that same night.
Directed by Boninho & Walter Salles Jr.
Script: Arnaldo DeSouteiro & Walter Salles Jr.
General Consulting & Texts: Arnaldo DeSouteiro & Edinha Diniz
Mixing: Arnaldo DeSouteiro


Folha de S. Paulo - 29 de dezembro de 1992 -
Caderno "Folha Ilustrada", pag. 4

Especial reinventa música brasileira na tela
'João & Antônio' utiliza shows, fotos, filmes e depoimentos para lembrar a bossa-nova, hoje na Globo
Luiz Caversan (Diretor da Sucursal do Rio)

JOÃO & ANTÔNIO - Especial de TV realizado a partir dos shows de Tom Jobim e João Gilberto no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e no Palace, em São Paulo. Direção: J.B. de Oliveira e Walter Salles Jr. Fotografia: Afonso Beato. Direção de arte: Daniela Thomas. Consultoria geral e texto: Arnaldo DeSouteiro e Edinha Diniz. Edição: Johnny Jardim e Sergio Meckler. Som: Jorge Saldanha. Narração: Paulo José. Hoje às 22h30, Rede Globo

Quem pensou que tinha ficado na saudade - porque a) assistiu ao show de João Gilberto e Tom Jobim no Rio e não ouviu nada por causa das falhas técnicas, ou b) não foi convidado nem para o inaudível show do Rio nem para o de São Paulo - terá hoje a sua chance de vingança. E que vingança.

O especial "João & Antonio", obra de Walter Salles Jr. e José Bonifácio de Oliveira para a produtora Videofilmes, que vai ao ar às 22h30, na Globo, é simplesmente uma das melhores coisas que já se fez com e para a música popular brasileira.

O especial teve gravações realizadas nos dois shows, o do Rio e o de São Paulo. Reune também uma dezena de depoimentos, filmes e fotos da época, além de um levantamento de contextualização visual jamais ousado no sentido de mostrar, em todos os seus tamanhos, a chamada bossa-nova.

O êxito primeiro do especial de uma hora de duração reside aí. "Houve uma preocupação inicialmente do Boni, da Globo, imediatamente incorporada por nós, de se oferecer a maior quantidade possível de informações históricas sobre a bossa-nova", informa Walter Salles Jr.

Justamente por isso o especial comove. Exemplo: o jovem e lindo Tom Jobim ensinando a um desajeitado Gerry Mulligan a extrair do clarinete o "Samba de Uma Nota Só". Ou Tom e Sinatra cantando "Garota de Ipanema", música que ressurge no especial na voz de Marina, Herbert Vianna e também da interessantíssima francesa Lio.

Bem, "Garota de Ipanema" predomina nos takes "históricos" do especial, aqueles que têm o objetivo de demonstrar que a bossa-nova surgiu como vertente do samba e influenciou um porrilhão de gente importante pelo mundo afora. "Garota de Ipanema" é tida como a canção brasileira mais tocada no mundo, depois, apenas, de "Yesterday", dos Beatles.

OK, quem não aguenta mais a menina que vem e que passa num doce balanço a caminho do mar terá motivo de sobra para se deleitar com preciosidades. Tais como "Isto Aqui o que É?", "Pra que Discutir com Madame?", "Morena Boca de Ouro", "Sandália de Prata" ou ainda "Insensatez", "Águas de Março" e "Wave".

Mas o especial de Salles Jr. e Oliveira não é elogiável unicamente pelo fato de demonstrar que bossa-nova não é apenas um banquinho e um violão. Trata-se de uma peça televisiva com padrão de Primeiro Mundo. Aliás, dificilmente nas televisões do chamado Primeiro Mundo se verá alguma coisa com tal qualidade.

A começar pela técnica empregada, que foi a filmagem, primeiro, em película cinematográfica bitola super 16mm e posterior transferência para vídeo, onde são feitas a edição, a mixagem etc. A película utilizada - pela primeira vez no Brasil foi empregado o filme Kodak 7263 - permite um padrão de imagem, uma qualidade de definição difícil de se encontrar no cinema. Beira a perfeição.

Outro aspecto do especial que literalmente enche os olhos são os enquadramentos. Nada daquela centralização idiota ditada pela TV americana, nem exercícios de linguagem que dificultam o entendimento visual. Apenas a liberdade de colocar o perfil, ora de Tom, ora de João, em uma das laterais da tela, jogando com o espaço vazio diante dos rostos dos artistas. O resultado é simplesmente genial.

Uma pesquisa de imagens bem feita - aparece até uma Brastemp Bossa-Nova -, depoimentos interessantes, os dois incomensuráveis talentos de Tom e João, tudo amarrado com firmeza e criatividade. Eis o programa que vai se ver hoje à noite. Em tempo: a concepção visual de Daniela Thomas para o cenário dos shows e para a abertura do programa transborda beleza.

Se bossa-nova é história, esta história nunca tinha sido tão bem contada. Confira, grave, desfrute.


* * *


Joao%20&%20Antonio(Script,page%201)THUMB.jpg

Full-sized scans of the original script written by Arnaldo DeSouteiro & Walter Salles Jr.
for the TV special "João & Antonio" ~
Broadcast by Globo TV network in Brazil (on December 29, 1992) and over twenty other countries . . .



Back to Main Index

Back to Recordings Index